projetos complementares

A importância dos projetos complementares: fundação, elétrico, hidro, estrutural e design

Para morar bem é fundamental desenvolver projetos bem detalhados.

Atualmente, a preocupação com o longo prazo tem feito o consumidor pensar muito nos imprevistos que podem surgir ao longo dos anos, caso não invista numa obra bem planejada e executada.

Se antes, o projeto estrutural era o único a ser feito por um profissional especializado, os imprevistos, que surgiam durante e após a execução de uma obra, fizeram o consumidor se conscientizar da  necessidade de planejar melhor cada etapa da sua construção.

Os projetos complementares vem com esse objetivo de tornar a obra menos desgastante em função de erros pela incompatibilidade entre as etapas da obra e evitar retrabalhos que atrasam a obra e aumentam o orçamento.

Além dos tradicionais projetos arquitetônicos e estruturais, para uma obra completa, acrescente nessa lista os projetos elétrico, hidrossanitário e de design de interiores.

E é sobre cada um deles que vamos falar agora:

Projetos complementares e a importância de cada um deles

1. Projeto de Fundação

Tudo começa por aqui.

Quando pensamos em construir um edifício, seja uma casa ou um prédio, o projeto de fundação.

Nele serão determinadas as dimensões, profundidade e o tipo de fundação que será utilizada na construção. Para isso, é necessário uma análise e estudo prévios do tipo de solo, peso da estrutura e cargas que ela suportará, sem deixar de enquadrar tudo isso nas normas técnicas em vigor.

Um projeto de fundação é essencial para:

  • Reduzir os riscos de falhas estruturais ou desmoronamentos, o que garante a segurança de quem vai utilizar o edifício.
  • Economia de tempo e dinheiro com retrabalhos e perdas de materiais.
  • Maior vida útil da construção, pois reduz a necessidade de manutenção e reparos ao longo do tempo.

2. Projeto estrutural

Investir nos projetos complementares para sua casa é investir em funcionalidade, beleza, conforto e segurança.

Quanto mais planejado ele for, mais tranquila será sua experiência e menos necessidade de reformas e melhorias do espaço você vai ter.

Um projeto estrutural tem como objetivo garantir que a construção seja segura, resistente e durável, atendendo, dessa forma, os requisitos e normas regulamentadoras.

As condições do solo, o tipo de material utilizado na construção e a carga que a estrutura deverá suportar são alguns dos fatores considerados pelo engenheiro na hora de elaborar o projeto estrutural.

A partir disso, a quantidade e a disposição dos elementos estruturais, como pilares, vigas, lajes e fundações serão determinadas no projeto.

3. Projeto Elétrico

Tem como principal objetivo garantir que a instalação elétrica seja segura, eficiente e atenda às necessidades da edificação.

O profissional responsável deve considerar a demanda de energia da edificação, a quantidade de pontos de iluminação, tomadas e equipamentos elétricos, a localização e dimensionamento dos quadros de distribuição e, a partir dessas informações, determinar todo o dimensionamento dos condutores elétricos, disjuntores, proteções e dispositivos de segurança.

O projeto elétrico é imprescindível para garantir a segurança da instalação elétrica de uma casa. É ele que vai evitar curtos-circuitos e até mesmo incêndios provocados por erros da rede elétrica da sua casa.

Além da segurança, o projeto elétrico vai garantir mais conforto, uma vez que dimensiona corretamente toda a iluminação dos cômodos evitando ambientes escuros, sombras e necessidade de iluminação extra.

Sem falar naquela infinidade de extensões e benjamins (os famosos T’s) que deixam seu ambiente poluído e inseguro.

4. Projeto hidrossanitário

Neste projeto estão envolvidos todo o sistema de água e esgoto de sua construção. Isso inclui: instalações de água fria, água quente, gás, esgotos sanitários, águas pluviais e sistemas de pressurização de água.

Seu principal objetivo é  garantir que a edificação tenha um sistema de água e esgoto eficiente, seguro e adequado às suas necessidades. O que significa ter uma casa sem infiltrações, sem retorno de água dos encanamentos e sem mau cheiro.

A maior vantagem desse projeto é, sem dúvidas, a facilidade das manutenções, que são inevitáveis ao longo do tempo, e também de possíveis reformas futuras, afinal, com o projeto em mãos tudo estará fácil de localizar o que evita o quebra quebra desnecessário.

5. Projeto de design de interiores

Sem dúvidas ele é o mais esperado! É aqui onde você visualiza seu sonho pronto.

Com o objetivo de criar ambientes funcionais e com uma estética agradável para os moradores, o projeto de design de interiores vai combinar mobiliário, iluminação, objeto de decoração, cores e texturas.

É aqui onde tudo vai se encaixar. Elétrica, hidráulica, estrutura e estética. 

Com o design de interiores o lugar de cada tomada será pensado de forma que se compatibilize com o projeto elétrico, assim como nos demais projetos complementares.

Aqui na Kronan você recebe o planejamento completo da sua casa. Todos os projetos deste artigo e muitos outros como projeto de aquecimento solar; de ar-condicionado; exaustão; rede Wi-Fi e automação constam em nossa jornada de construção.

Tudo minimamente pensado, respeitando prazos de entrega e suas possibilidades de orçamento.

Se ficou alguma dúvida, deixe nos comentários, que um dos nossos consultores vai te ajudar.

Quer receber mais conteúdo como esse de graça?

Cadastre-se para receber nosso conteúdo por e-mail.

E-mail cadastrado com sucesso
Ops! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.
Ops! Captcha inválido, verifique se o captcha está correto.

Diga o que está em sua mente

Seu endereço de e-mail não será publicado.